• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
9 passos para o cachê ideal - Parte 2 PDF Imprimir E-mail

blog_moneyContinuando o assunto iniciado no post anterior, quero pedir para você deixar seu comentário no final do artigo. Se você é locutor publicitário, ou produtor que precisa de locutores frequentemente, vocês devem ter muito o que discutir sobre o assunto.

Encontrar um valor justo não é fácil para nenhuma das duas partes, imagine para quem "pula" agência e produtoras e vai tentar contato direto com o locutor. Esse artigo visa jogar uma luz sobre o assunto e todos os comentários são bem-vindos. Continuando a lista:

5 - REGRAVAÇÕES - Com o tempo você irá adquirir um 'feeling' (conhecimento) sobre que tipo de cliente que irá lhe dar mais trabalho… Para esse tipo de situação é bom conceber um valor que compense e avisar antecipadamente: "Nesse valor estão inclusas duas regravações", por exemplo.

6 - EXIGÊNCIAS - Se a agência/produtora pede uma amostra onde você narre pequena parte do texto, ou ainda que você nomeie 50 arquivos separadamente, que entregue em 6dB ou menos, wav, mono, etc…. Para observar tudo isso você precisa de mais tempo… E tempo…

7 - EQUIPAMENTO - Se você usa o estúdio de uma rádio, de um amigo ou de um desconhecido, o valor com certeza deve ser repassado ao cliente, como também se você utilizar seu próprio home studio. Os equipamentos foram um investimento e esse dinheiro tem que voltar para  seu bolso. E ainda, se precisar de manutenção? E se queimar? São fatos que devem ser levados em consideração. Dentro de algum tempo você irá querer um microfone melhor, um computador melhor. Upgrade faz parte da vida, que dirá de um studio?
LUZ, INTERNET e ALUGUEL devem ser levados em consideração, se você tem estúdio próprio

8 - VEICULAÇÃO -  Onde irá ao ar o seu trabalho? Por exemplo, para cidade do interior o valor é X, grande capital o valor é XX e em rede nacional XXX.
Como? No carro de som X, no rádio XX e na TV XXX.
Quantas pessoas serão alcançadas? Apenas 10 mil? Ou 2 milhões?

9 - BUYOUT - Além dos pontos acima citados, pense numa 'taxa' com a qual você se sinta confortável em saber que o cliente estará usando sua voz por 30 dias… 90 dias… Um ano ou dois… Buyout é o que o cliente paga pelo direito de exibir sua criação artística.

Com as suas próprias respostas a esses tópicos, você deve ainda pensar em quanto deseja ganhar. Afinal, freelancer merece e precisa de férias! Seu trabalho deve ser remunerado de modo a lhe proporcionar isso também.

PARA QUEM QUER SABER QUANTO VAI PAGAR, é bom ler também esse artigo. Pergunte-se: É importante para mim construir minha marca? Ou preciso apenas que o carro de som percorra o bairro anunciando produtos? Ou o objetivo é narrar meu livro para que venda bem? Reflita: Qual retorno financeiro almejo com essa gravação? Agora responda para si mesmo: quanto você quer/pode pagar pelo resultado desejado?

Se você quiser ser avisado quando os artigos forem publicados, inscreva-se no lado direito desta página. Por favor, deixe seu comentário abaixo... E seja legal, retuite por favor  :)

Boa sorte!

Até a próxima!
Gostou? Retuite!   
-

Veja também:

- Como eu perco R$5 em um minuto
- Saiba quem sou eu
- Como fazer um demo que me venda bem como locutor?

Quer ser avisado quando novos artigos forem postados?

Insira seu email:

Delivered by FeedBurner

 

Comentários  

 
+1 # LOCUTOR CÉSAR SILVA 17-10-2011 16:14
:cry: PENA QUE FORA DOS GRANDES CENTROS NÃO TEMOS
A DEVIDA VALORIZAÇÃO PARA QUEM MORA NO INTERIOR
SER LOCUTOR COMO EU É DIFÍCIL É PRECISO AMAR DE MAIS O QUE FAZ COMO EU AMO :lol:
Responder | Responder com citação | Citar | Reportar ao administrador
 
 
0 # Linda Coelli 17-10-2011 16:31
Oi César!

Se isso te acalma, não é só no interior que o locutor não é valorizado. Bem, eu ficaria ainda mais triste com essa afirmação ;-)

Não adianta se lamentar, temos que AGIR, e com esse artigo eu "intento" educar tanto os novos locutores para que se valorizem, como os contratantes. Assim como na "vida particular" só somos valorizados pelos outros SE NOS VALORIZARMOS, na vida profissional é assim também!

Se você está comigo nessa luta, divulgue esses artigos! Vamos lutar para TODOS sermos valorizados, independentemen te de onde vivemos.

Boa sorte amigo! Pois se você ama o que faz, com certeza VAI CHEGAR LÁ!

A classe toda conta com você também!

Abraços,
Linda
Responder | Responder com citação | Citar | Reportar ao administrador
 
 
0 # Edu Oliveira 15-05-2012 20:48
Linda,

Parabéns por esses dois posts sobre os passos para o cachê ideal.

Realmente, é muito difícil e muito subjetivo estabelecermos valores para nosso trabalho (ou para nossos trabalhos - publicidade, e-learning, institucional, game, etc. etc. etc.). É bem complexo esse cálculo e nossa categoria (se assim posso dizer) não tem um sindicato bom que estabeleça normas e parâmetros, enfim, é cada um por si.

E fico feliz em conhecer profissionais como você, que troca informações sobre nossa profissão de uma forma tão livre e aberta assim.
Responder | Responder com citação | Citar | Reportar ao administrador
 
 
0 # Linda Coelli 15-05-2012 21:33
Oi Edu :-)

O nosso ramo está mais competitivo e por isso mais complicado estabelecer preços porque como você disse "é cada um por si"...

Mas além de dar um help pros colegas locutores, também esclarece os clientes que por aqui possam passar ;-)

Obrigada por postar!
Responder | Responder com citação | Citar | Reportar ao administrador
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

 

Demonstrativos

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions